Histórico Dom Bosco Cidade Alta

  Atualizado em 22/03/2013   |     07:56:37hs   |   7369 visualizações

Compartilhe nas Redes Sociais

Piracicaba, 22 de Março de 2013.

HISTÓRIA DO COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO CIDADE ALTA

Clique no ano desejado

ANOS 40 | ANOS 50 | ANOS 60 | ANOS 70 | ANOS 80 | ANOS 90 | ANOS 2000

 

O dia 7 de janeiro de 1950 é histórico para o Colégio Salesiano Dom Bosco de Piracicaba quando os padres salesianos Pedro Baron e Ismael Simões e o clérigo Benevenuto Felipe Nery chegaram pelo trem da Paulista. Convidados pelo bispo Dom Ernesto de Paula para abrir o primeiro colégio católico para rapazes na cidade, foram recebidos com festa pelos moradores. Logo em seguida, chegaram o Padre Braz Piton e o irmão Coadjutor Alberto Buzzi.

O Ginásio Salesiano Dom Bosco foi instalado provisoriamente em um prédio cedido pelos frades capuchinhos onde funcionaram três classes: 5ª série elementar, 1º e 2º ano do ginasial (atual Ensino Fundamental), com um total de 135 alunos.

Logo foi construído o Colégio em um terreno no bairro alto, doado pela prefeitura através do então prefeito Luiz Dias Gonzaga. A pedra fundamental que deu impulso às obras foi lançada em 20 de agosto de 1950. Já nesta época, a escola vivenciou outro fato importante: o nascimento do Oratório Festivo São Domingos Sávio, inicialmente chamado Oratório Paulista, no dia 18 de dezembro de 1950, que desde então promove a inserção social de crianças e jovens carentes.

O prédio da escola foi inaugurado no dia 11 de março de 1952. Nesse mesmo ano, o governador do Estado, Lucas Nogueira Garcez, visitou o Colégio tendo sido alvo de muitas homenagens.

A partir de 1954, passou a oferecer o 1º ano do curso científico (atual Ensino Médio), sendo elevado a Colégio Salesiano Dom Bosco.Em 1955 ocorreu a primeira reunião de Cooperadores Salesianos e foi criada a União dos Ex-Alunos de Dom Bosco. E assim, ano após ano, a família salesiana – formada por alunos, ex-alunos, educadores, cooperadores, oratorianos... – foi se ampliando, criando raízes e imprimindo a sua tradição em Piracicaba.


HISTÓRICO COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO CIDADE ALTA

ANOS 40 | ANOS 50 | ANOS 60 | ANOS 70 | ANOS 80 | ANOS 90 | ANOS 2000

1945
Piracicaba é elevada à categoria de Diocese.
8 de setembro - é nomeado o primeiro bispo para a cidade, Dom Ernesto de Paula, muito interessado na instalação de um colégio católico para meninos na cidade.
Após sua nomeação, Dom Ernesto, decidiu usar todas as forças para trazer a Piracicaba um colégio para meninos. Após as negativas de várias congregações, foi pessoalmente a Roma apelar ao papa Pio XII, que o orientou a ir a Turim falar com os Salesianos. Em Turim, ele foi atendido pelo Pe. Pedro Berutti que garantiu a presença salesiana em Piracicaba.


ANOS 50

ANOS 40 | ANOS 50 | ANOS 60 | ANOS 70 | ANOS 80 | ANOS 90 | ANOS 2000

1950
7 de janeiro (16h30min) – desembarcam na plataforma da Estação da Companhia Paulista de Estrada de Ferro (Estação da Paulista), os primeiros Salesianos: Pe. Pedro Baron, Pe. Ismael Simões e clérigo Benevenuto Felipe Nery com a missão de organizar e colocar em funcionamento, no menor tempo possível, um colégio católico para meninos.
Após festiva recepção dos Salesianos, os mesmos dirigiram-se a uma casa alugada, localizada à Rua José Ferraz de Carvalho, 872.

1o. de março – início do primeiro ano letivo. Foram oferecidas matrículas para três classes: 5a. série elementar , 1o. e 2o. anos do ginasial, totalizando vagas para 135 meninos.
Logo após o início das aulas, como a situação era precária, Pe. Baron escolheu o local do futuro colégio. Tratava-se do terreno da antiga Chácara Laport (que chegou a abrigar o Clube de Tênis), numa área de 15.660 m2 pertencente à Prefeitura, entre as ruas Bernardino de Campos, Alfredo Guedes, Dom Pedro I e dr. Otávio Teixeira Mendes.

22 de junho – A Câmara aprova o projeto de doação do terreno enviado pelo então prefeito Luiz Dias Gonzaga.

20 de agosto – domingo chuvoso. Na presença de autoridades eclesiásticas, do prefeito, vereadores, pais e alunos e estudantes vindos do Liceu N.Sra. Auxiliadora de Campinas, acontece a colocação da pedra fundamental.

18 de dezembro – criado o Oratório Festivo São Domingos Sávio, que a princípio reunia os meninos na praça do Colégio Assunção. Ficou conhecido como Oratório da Paulista.

1951
Início do ano. Acontece a primeira substituição dos Salesianos. Parte o clérigo Benevenuto Felipe Nery. Chega o Pe. Eduardo Afonso que ficaria na cidade por 10 anos como conselheiro e encarregado do Oratório.

Durante todo o ano. Prosseguem as obras de construção do Colégio.

Surge a primeira Fanfarra com 25 membros.

Surge o jornal interno “A voz de Dom Bosco”.

O Colégio está com 236 alunos inscritos e seis Salesianos.
São contratados os primeiros professores: Acácio de Oliveira, Raul Celso, Antonio Benedito Cotrin e Jossie Siqueira.

1952
O ano letivo já começa no prédio novo.
Eram esperados 400 meninos. No entanto, propaganda clandestina fez com que esse número fosse menor, apenas 292.

11 de março – Pe. Baron benze as primeiras oito salas.

18 de agosto – Assinado o decreto de doação definitiva do terreno ao colégio. Até então, os Salesianos corriam o risco de perder a área para a Prefeitura se um dia a Inspetoria Salesiana do Brasil deixasse de existir.

Novembro- O governador do Estado de São Paulo, Lucas Nogueira Garcez, visita o colégio.

1954
O Colégio começa a oferecer o 1o. ano do Curso Científico.

Outubro – O Ginásio Salesiano Dom Bosco passa a ser oficialmente reconhecido como Colégio Salesiano Dom Bosco.

Acontece no segundo semestre a inauguração da Biblioteca e dos laboratórios especiais de Química e Física para os alunos do curso de nível médio.

Acontece também a criação do Grêmio literário denominado G.L. Padre José de Anchieta.

1955
15 de março – é fundada a União local dos Ex-Alunos de Dom Bosco com a primeira reunião do grupo.

Surge também a Associação dos Cooperadores Salesianos.

1956
Pe. Pedro Baron deixa Piracicaba.
Assume o cargo de diretor, o Pe. Rafael Chroborzeck (1956 a 1958).

Acontece a primeira turma do Curso Científico com 32 alunos.

1957
O Colégio recebe a visita do superior geral da Congregação Salesiana, Pe. Renato Ziggiotti, 5o. sucessor de Dom Bosco.

1958
Junho - é inaugurada no Colégio a sede da União dos Ex-Alunos.

1959
O colégio está com 517 alunos.
O novo diretor é o Pe. Bruno Ricco - italiano (1959 1960).
O Colégio passa a oferecer o curso primário;

Maio. Dia 27. Assinada a escritura de doação de um terreno de 12.360 m2, feita pela Societé Sucreries Brésiliennes, de propriedade da família Dedini, localizado na Vila Rezende. No local seria construído um Oratório. A construção do prédio ficaria a cargo da Dedini. As despesas de manutenção a cargo dos Salesianos.

 

ANOS 60

ANOS 40 | ANOS 50 | ANOS 60 | ANOS 70 | ANOS 80 | ANOS 90 | ANOS 2000

1960
Assume o novo diretor, Pe. Mário Quilici. (1960 – 1964), seguido pelo Pe. Geraldo Leite Cintra (1964-1965). Pe. Antonio Gerotto (1965 –1968) e Pe. João Modesti (1969-
Média de 600 alunos por ano.

Surgem os jornais estudantis: Pica pau e Pombo Correio.

Setembro – O Colégio é declarado como entidade de Utilidade Pública.

1961
Novembro – inauguração da iluminação dos jardins do Colégio com a presença do prefeito Alberto Cury. A obra contou com o apoio da Prefeitura.

1962
Dezembro – Inauguração do Oratório São Mário, na Vila Rezende.

1964
Maio – o Conselho Inspetorial visita o Colégio e aprova o progresso da instituição.

1965
Graças ao Concílio Vaticano II, pela primeira vez a Missa de Natal do Colégio foi cantada em português.

1966
Assume a direção o Pe. Antonio Gerotto.

1967
Novembro – acontece a primeira Feira de Ciências no Colégio.

1969
Acontece o acordo do Colégio com o Sesi. O acordo dura até 1972. Cerca de 270 alunos do Sesi estudariam durante o período da manhã. Os 150 alunos do curso primário do Colégio estudariam à tarde.

O Oratório São Domingos Sávio abre as portas para as meninas.

 

ANOS 70

ANOS 40 | ANOS 50 | ANOS 60 | ANOS 70 | ANOS 80 | ANOS 90 | ANOS 2000

1970
Maio. Dia 1o. inaugurada a piscina do Colégio.

1971
Julho - Criados o Jardim de Infância e o Pré-Primário no Colégio.

1972
O Colégio reforma o Curso Primário e assume os alunos do Sesi após vencimento do acordo firmado em 1969.

1973
Durante a gestão do Pe. Fausto Santacarina, é naugurado o primeiro curso técnico em Química no Colégio. O laboratório de Química Industrial recebe o nome de “Sala Roges Desmond” – em homenagem ao químico francês que vivera em Piracicaba.

1974
Assume a direção do Colégio o Pe. Vicente Guedes. Em sua gestão cria o Serviço de Orientação Educacional (SOE).
Nessa gestão antigas tradições são resgatadas, como os tradicionais desfiles pela cidade.

Outubro - começam a ser oferecidos cursos extracurriculares, como o Curso de Inspetor de Segurança no Trabalho.

1975
Março – Criada a Comunidade de Jovens Dom Bosco (CJDB).

Maio - A CJDB organiza o Primeiro “Fechadura” – Festival de Músicas Cristãs.

Nesse ano houve aumento de 60% dos matriculados, ou seja, mais 234 novos alunos. Ao todo eram 523 alunos.

Uma nova organização pedagógica passa a vigorar. O 1o. grau passa a funcionar no período da manhã e o 2o. grau profissionalizante, o período da tarde.
Cursos profissionalizantes oferecidos: Auxiliar de Laboratório de Análises Clínicas, Auxiliar de Análises Químicas, Técnico Assistente de Administração e Técnico em Contabilidade.

Agosto
25 anos da chegada dos Salesianos e fundação do Colégio
25 anos de fundação do Colégio Salesiano Dom Bosco de Piracicaba e da chegada dos Salesianos à cidade.
Uma extensa programação festiva foi planejada durante uma semana.
O então Pe. Inspetor, José Antonio Romano presidiu missa de Ação de Graças no Colégio Assunção, como sinal de reconhecimento à Congregação das Irmãs de São José Chambéry. Jogos foram organizados entre os dois colégios, disputas esportivas também envolveram os oratorianos dos Oratórios São Domingos Sávio e São Mário, houve tríduo a Dom Bosco, desfile do Batalhão branco pelas ruas da cidade, presença de ex-diretores, missa celebrada por Dom Ernesto de Paula, exposição de fotos, coquetel e lançamento da pedra fundamental do futuro Ginásio Dom Bosco.

Até o final do ano outras comemorações foram se sucedendo, como a realização da Primeira Semana Vocacional e da Semana Olímpica Salesiana.

Outubro – acontece a Primeira Semana Olímpica Salesiana (1a. S.O.S).

No final do ano previa-se que seriam necessárias reformas no prédio para acolher mais alunos.
O Salão de Festas foi transformado e m quatro novas salas de aula. Ocorreu também a reforma do telhado do pavilhão mais antigo (que faz frente para a Rua Dr. Otávio Teixeira Mendes).

1976
O Colégio passa a ter 1000 alunos. Recorde de matrículas, com 80% a mais que os anos anteriores.

Mais dois cursos profissionalizantes são oferecidos: Técnico em Estatística e Técnico em Secretariado.

Começa a funcionar também o Curso Preparatório para o vestibular, “Curso Pré-Vestibular Dom Bosco”.

Uma classe par alunos especiais é criada. Uma nova experiência para o Colégio. Pela primeira vez crianças portadoras de deficiências eram recebidas por uma escola regular. A princípio atendeu a 8 alunos. Uma psicóloga, uma pedagoga e uma fonoaudióloga fazem parte da equipe de profissionais que dão suporte aos alunos.

È realizada a Primeira Semana Olímpica Salesiana.

1977
A sala especial recebe novos integrantes. Agora são 12.
O Colégio passa a ter 1200 alunos.

Agosto
Dia 8 - inaugurado o Curso Pré-Vestibulares no Colégio.

Outubro
Dia 14 – Dom Ernesto de Paula, primeiro bispo de Piracicaba é homenageado pelo Colégio Dom Bosco.

1978
O Colégio passa a ter 1800 alunos e surge a necessidade de exame de admissão.

Março - A biblioteca, com mais de 5 mil volumes, após período de reformas é inaugurada pelo Delegado de Ensino.

Inicia-se a construção do Ginásio Dom Bosco, numa área de 1.400 m2 onde existia um campo de futebol, com frente para a Rua Alfredo Guedes.

1979
Começam a funcionar no Colégio os Cursos Supletivos noturnos de 1o. e 2o. graus.
Os cursos Supletivos duraram até década de 80.


ANOS 80

ANOS 40 | ANOS 50 | ANOS 60 | ANOS 70 | ANOS 80 | ANOS 90 | ANOS 2000

1980
Setembro
Dia 09 – O Coral Dom Bosco é o vencedor do Io Concurso Regional de Corais que aconteceu no Colégio Culto à Ciência em Campinas-SP.
Dia 29 – Abertura da V Semana Olímpica Salesiana.

Novembro –Dia 14 - O Dom Bosco recebe a visita da Sra. Carmem Prudente, presidente da Fundação Carmem Prudente - Rede Feminina de Combate ao Câncer – eleita “Mulher Internacional 1980”.

1981
Julho
Dia 17 - inaugurado o Ginásio Dom Bosco. Dois grandes eventos são realizados; O VI Festival Fechadura e o II Congresso Eucarístico da Juventude – que reuniu mais de 4.500 jovens de vários Estados e foi organizado pelo então Pe. Irineu Danelon, ex-aluno do Colégio que hoje é bispo da Diocese de Lins. Dom Paulo Evaristo Arns esteve presente.

Dezembro
Dia 11 – O Colégio participa do Programa “É Proibido Colar”, da Tv Cultura. A gravação do Programa aconteceu no Auditório Franco Zampari. Três ônibus foram fretados.

1982
Tem início o Centro Juvenil Dom Bosco – espaço para os oratorianos maiores de 16 anos. Funcionou até 1983 nas noites de terça e quinta.

Outubro
Dia 2 e 3 – VI Festival de Música Cristã – FECHADURA

Novembro
Dia 7 – IX Festa do Sorvete.

1983
Fevereiro
Dia 26 – 1o. Show beneficente de seresta e música sertaneja no Ginásio Dom Bosco (Promoção: Curso Supletivo DB).

Julho
Dia 18 – O Colégio Dom Bosco recebe os jogadores do Corinthians Futebol Clube, Sócrates e Casagrande. Na oportunidade, a Seleção Piracicabana de Futebol de Salão enfrentou a Seleção do Colégio (Promoção: Curso Supletivo DB).

Agosto
Dia 12- Show beneficente com a dupla Carlos Cézar e Cristiano no Ginásio Dom Bosco.
(Promoção: Curso Supletivo DB).

Novembro
Dia 9 – Show com Antonio Cardoso no Ginásio Dom Bosco.
Dia 19 – X Festa do Sorvete.

1984
Março –Dia 9 – O Dom Bosco realiza a Passeata para “Celebrar a Vida”. Percurso: do Colégio Dom Bosco até a Matriz da Vila Rezende.

1986
O Oratório São Mário abre espaço para a participação de meninas e ao atendimento de crianças carentes.

Outubro – Dia 13. Abertura da III Semana Cultural.

 

ANOS 90

ANOS 40 | ANOS 50 | ANOS 60 | ANOS 70 | ANOS 80 | ANOS 90 | ANOS 2000

1990
Os cursos Supletivos foram desativados. De 1979 a 1989 o curso variou de 300 a 400 alunos.
A última turma contou com apenas 121 alunos.

1992
Os cursos Supletivos foram definitivamente fechados.

Nova fase do Oratório São Mário. Reformas em sua estrutura física e reaparelhamento oferecem mais opções às crianças assistidas.

1993
Nasce o Projeto Retalhos.

1994
Janeiro – oficialmente aprovada a abertura do Colégio Salesiano Dom Bosco – unidade São Mário com as quatro primeiras séries do Ensino Fundamental para 120 crianças em período integral.

O Oratório São Domingos Sávio foi fechado para reestruturação.

1996
As crianças assistidas pelo Dom Bosco – São Mário passam a receber atendimento médico, sendo os medicamentos custeados pela Prefeitura Municipal, que também oferece passe de ônibus e merenda escolar. O Colégio Dom Bosco se encarrega da coordenação pedagógica e pagamento dos funcionários.

Inaugurado o seminário nas dependências do Dom Bosco - São Mário. Trata-se do Aspirantado para jovens que estão cursando o Ensino Médio. Os seminaristas estudam no DB Assunção.

1995
Foi reaberto o Oratório São Domingos Sávio com 80 frequentadores, com catequese e recreação aos sábados e aos domingos, depois da missa das 8 horas, esportes e recreação até às 12 horas.

1996
Os Colégios Dom Bosco participam pela primeira vez da Feira Multimídia, Informática e Tecnologia, no Shopping Center Piracicaba.

1997
Após vários anos desativado, o movimento dos Ex-Alunos volta a fazer parte do cotidiano do Colégio. Com o apoio da direção local (pe. Milton Braga de Rezende) e da Inspetoria (Pe. Guedes) um grupo de ex-alunos liderados por Marcos Antonio Vanceto começa a se reestruturar.

As duas unidades ganham novos laboratórios de química e física.

1999
Janeiro – A Pastoral começa a participar das Semanas Missionárias – projeto da Inspetoria Salesiana de São Paulo.
Maio -
Junho – A União local dos Ex-Alunos de Dom Bosco realiza a primeira excursão anual a Campos do Jordão – Vila Dom Bosco de 11 a 13.

Agosto – início das comemorações alusivas aos
50 anos da presença salesiana em Piracicaba.
50 anos de fundação do Colégio Salesiano Dom Bosco – Cidade Alta

Agosto
Dia 15 – Passeio Ciclístico “Piracicaba Pedalando com Dom Bosco” – 14 km de percurso reuniu mais de 6 mil ciclistas.
Dia 20 – Lançamento do Carimbo Postal Brasileiro alusivo ao CINQÜENTENÁRIO – no Ginásio Dom Bosco.
Abertura das comemorações alusivas ao Cinqüentenário da Presença Salesiana em Piracicaba e Abertura da 18a. Semana Olímpica Salesiana no Estádio Municipal Barão de Serra Negra.

Setembro
Dia 10 – Lançamento do Livro “Os Cinqüenta Anos da Presença Salesiana em Piracicaba” . No Teatro Municipal.
Dia 15 – Início da exposição de fotos históricas da Presença Salesiana em Piracicaba, no Shopping Center Piracicaba.

 

ANOS 2000

ANOS 40 | ANOS 50 | ANOS 60 | ANOS 70 | ANOS 80 | ANOS 90 | ANOS 2000

2000
Maio
Dia 08 – A União dos Ex-Alunos realiza o 1o. Sarau Lítero Musical na igreja do DB Assunção.

Dia 14 – A União local dos Ex-Alunos retoma uma antiga tradição: a realização do Encontro Anual dos Ex-Alunos nas dependências do DB Cidade Alta.

Agosto – Dia 20 - 50 anos da presença salesiana em Piracicaba.
50 anos de fundação do Colégio Salesiano Dom Bosco – Cidade Alta
Missa de encerramento das festividades



[Colégio Salesiano Dom Bosco Piracicaba: Bem Vindo!]

Colégio Salesiano Dom Bosco Cidade Alta

Dom Bosco Cidade Alta
Piracicaba - SP
Rede Salesiana de Escolas - RSE

Ultimas do Site:

[Calendário acadêmico 2019]

Calendário acadêmico 2019

[ORIENTAÇÕES PARA USO DA INTERNET E MATERIAL DIDÁTICO DIGITAL]

ORIENTAÇÕES PARA USO DA INTERNET E MATERIAL DIDÁTICO DIGITAL

Mensagens de Dom Bosco

”É preciso paciência contínua, constância, perseverança, fadiga”. Dom Bosco

”É preciso paciência contínua, constância, perseverança, fadiga”. Dom Bosco

Nossas Unidades

[Dom Bosco Cidade Alta]

Dom Bosco Cidade Alta

Rua Alfredo Guedes, 1199
Alto - Piracicaba SP
CEP. 13419-080
Fone (19) 3417-3222
Fone (19) 3052-9800

[Dom Bosco Assunção]

Dom Bosco Assunção

Rua Boa Morte, 1835
Centro - Piracicaba SP
CEP. 13400-140
Fone (19) 3437-3877
Fone (19) 3052-1200

[Dom Bosco São Mário]

Dom Bosco São Mário

Avenida Santa Rosa, 653
Areião - Piracicaba SP
CEP. 13414-038
Fone (19) 3421-3565
Fone (19) 3052-0400

[Dombosquinho Cidade Alta]

Dombosquinho Cidade Alta

Rua Dr. Otávio Teixeira Mendes, 1655
Alto - Piracicaba SP
CEP. 13419-220
Fone (19) 3417-3240
Fone (19) 3052-9857

UNISAL Piracicaba - Campus Assunção

Empresas Conveniadas